Alexandre de Mattos, diretor da Relevance Marketing Digital, foi um dos painelistas do curso promovido pelo PSB estadual, destaque na coluna de Rosane de Oliveira em Zero Hora.

Post-ZH-Alexandre-Mattos_matéria (1)Nunca um período eleitoral foi tão digital como o que se aproxima. Em outubro, os municípios do País escolhem seus representantes e, como a comunicação é fundamental nesse período, é preciso readaptar as estratégias quando os tempos são de uso ilimitado das redes sociais. Foi pensando nisso que um curso foi promovido no último final de semana pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), destinado aos pré-candidatos municipais no Rio Grande do Sul.

Com a presença do presidente do PSB/RS, Beto Albuquerque, o “Mãos na Massa”, como foi chamado, buscou passar informações sobre o marketing digital eleitoral e as ferramentas de comunicação que podem ser adotadas pelos futuros candidatos. O evento foi destaque na coluna de Rosane de Oliveira no Jornal Zero Hora desta segunda-feira (27). “O PSB está ensinando seus pré-candidatos a dominarem as novas plataformas de comunicação”, disse a colunista. Mais de 300 políticos de todo o estado participaram do encontro.

Especialista em comunicação digital e com experiência de mais de 20 anos na área, Alexandre de Mattos, diretor da Relevance Marketing Digital, foi um dos painelistas do evento e ressalta que durante o período eleitoral não basta marcar presença nas redes sociais, como também estar atento ao conteúdo disponibilizado. “Tão importante quanto ser visto pelos seguidores desses perfis, é pensar na qualidade da informação que estará sendo postada, já que, se não utilizada da melhor forma, essa ferramenta pode se tornar uma campanha contrária ao candidato”, alerta.

Alexandre de Mattos também alerta que é preciso estar atento às restrições legais do uso das redes sociais no período pré-eleitoral e também durante a campanha. Da mesma forma, o espaço não deve ser um local para discussões ou provocações entre siglas contrárias. “Sem dúvida, as redes sociais são aliadas do candidato, já que facilitam o acesso ao público, possibilitando a disseminação das propostas e a interação com os seguidores, mas é sempre importante ter bom senso, organização e planejamento”, indica.